Weby shortcut
Youtubeplay
thumb081018

Estudantes do UFGInclui se reúnem com gestores da UFG

Bolsa emergencial e alimentação serão asseguradas aos acadêmicos

Fotos: Adriano Justiniano

 

O reitor da UFG, Edward Madureira, a vice-reitora, Sandramara Chaves, e gestores da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), Coordenadoria de Ações Afirmativas (CAAF) e Coordenação de Inclusão e Permanência (CIP) receberam hoje (5/10) pela manhã os estudantes do programa UFGInclui. No esforço de garantir a permanência dos acadêmicos, a gestão da UFG informou que irá assegurar Bolsa Emergencial até que esses graduandos sejam contemplados pela Bolsa do MEC. Também garantiu a alimentação integral dos ingressantes do programa por meio dos Restaurantes Universitários (Rus).

Durante o momento de escuta, as bolsas de auxílio à permanência, a garantia da alimentação, e o acesso às informações foram as principais demandas apresentadas pelos acadêmicos do programa. “O nosso objetivo é entender quais medidas vêm sendo tomadas para solucionar os problemas, inclusive para que os futuros ingressantes não tenham uma recepção e uma estadia tão atribulada”, afirmou o estudante quilombola Nelciano Pereira.

O reitor Edward Madureira chamou a atenção para o esforço conjunto dos movimentos e das instituições de ensino superior, como a UFG, pela manutenção da Bolsa MEC, e enfatizou as exigências burocráticas das atuais regras do Edital, que vêm sendo superadas. Conforme dito, dos 135 ingressantes pelo UFGInclui no primeiro semestre, 20 estão em situações pendentes devido aos problemas na documentação junto ao MEC. “Esperamos resolver, mas até lá, vamos garantir o auxílio aos estudantes”. Segundo ele, os 20 acadêmicos em situação pendente serão contemplados pela Bolsa Emergencial até dezembro deste ano, período em que serão envidados esforços para resolver a questão da documentação junto ao MEC. Além disso, todos os ingressantes em 2018 do programa terão isenção integral nos Restaurantes Universitários (Rus) e pagamento emergencial de bolsa até que recebam o primeiro pagamento da Bolsa Permanência MEC.

Reunião UFG inclui

Edital Acolhe UFG será lançado

Durante o encontro, a gestão informou sobre o lançamento do Edital Acolhe UFG aos calouros do programa UFGInclui, como forma de auxiliar a recepção e a permanência dos indígenas e quilombolas quando chegam a Universidade. Conforme foi apresentado, assim que ingressar na Universidade, o acadêmico já terá direito a uma Bolsa Calouro no valor de R$350,00, para quem morar no município ou entorno da Universidade, e de R$600,00 para quem for de fora do município. Também será garantida a isenção integral nos Restaurantes Universitários (RUs). A Bolsa Calouro terá duração de no máximo seis meses ou até o acadêmico ser contemplado por outros editais, tais como Bolsa MEC, Bolsa Permanência da UFG, Edital de Moradia).

Reunião UFG Inclui

Entre as reivindicações dos estudantes quilombolas e indígenas está o acesso às informações. Durante a reunião, buscando solucionar o problema, foi proposta a parceria entre gestores da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE), da Coordenadoria de Ações Afirmativas (CAF), Coordenadoria de Inclusão e Permanência (CIP) e dos representantes dos estudantes, como a União dos Estudantes Indígenas e Quilombolas (Uneiq) no sentido de traçar estratégias para que as informações cheguem aos graduandos. “Precisamos pensar em ações conjuntas para termos acesso aos Editais”, reforçou a estudante quilombola Marta Quintiliano

UFG aberta ao diálogo

O reitor e a vice-reitora reafirmaram a disposição e a abertura ao diálogo da atual gestão com os estudantes da UFG. “Essa gestão jamais fechou o diálogo com quem quer que seja. Inclusive o número do meu telefone particular é acessível. Não há mensagem que chegue a mim que não seja respondida”, afirmou Edward Madureira.

Já a vice-reitora Sandramara Chaves relembrou o seu esforço, enquanto reitora em exercício, de estar presente em todos os encontros e reuniões que dizem respeito ao UFGInclui. “Em nenhum momento, enquanto reitora em exercício, deixei de receber ou participar das discussões para buscar soluções, bem como disponibilizei meu contato visando agilizar os encaminhamentos.", afirmou.

Fonte : SECOM UFG

Categorias : Última Hora

Listar Todas Voltar